Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saberes e Ciências - Blogue

Neste blogue ninguém perde o seu tempo - Confirme

Saberes e Ciências - Blogue

Neste blogue ninguém perde o seu tempo - Confirme

MÁQUINA A VAPOR

O centenário "Ovo de Colombro": Inacreditável como uma coisa tão elementar demorou tanto tempo a chegar até ao nosso tempo. Como tem sido possível que desde o HERO, no Egipto, há cerca de 2.000 anos este ramo da ciência não tenha dado um passo em frente? 

Pelas mesmíssimas razões que em pleno Século XXi  90% dos programas de televisão sejam puramente alianatórios visando unicamente a caça à audiência e nada mais, 

Aniceto Carvalho

SARTRE E SCHWEITZER

(f)Sartre (2).jpg

Jean-Paul Sartre

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Paul_Sartre

Não vou tecer considerações sobre o que mal conheço.
Mas nunca tive especial simpatia por este filósofo francês. Aliàs, eu não gosto de filósofos… Desde sempre que o filósofo vive à conta dos outros.
Nunca tive especial simpatia pelo Jean-Paul Sartre. Não alinho com esquerdistas, gosto da livre inicitiva, não me agrada lidar com certa gente que adora viver à grande a apregoar “igualdades” que nem sonha para si.
Tudo isto porque o senhor Sartre recusou o Prémio Nobel em 1964 alegando que o prémio não justificava os protocolos a que seria obrigado.
Jogada promocional ou não, Jean-Paul Sartre não deve ter perdido muito.

De qualquer modo, a ser sincero, como o primo sugere, entende-se-lhe a atitude: Uma coisa é estar nas alturas, a outra é aturar as luzes da ribalta.

Albert Schweitzer

(Vale a pena ler a biografia deste grande homem)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Albert_Schweitzer

Alberto Schweitzer era primo de Jean-Paul Sartre.
Mas não tinha nada a ver com o Sartre. Schweitzer era um homem de trabalho, teólogo, organista, filósofo e médico que dedicou a vida aos outros.
Segundo o biógrafo de Sartre, Schweitzer teria dito das obras do primo:
"todas as opiniões são respeitáveis quando são sinceras, e por conta disso Deus seguramente o perdoará".
No meio de incríveis dificuldades, Schweitzer fundou e manteve durante largos anos um hospital no Gabão num sítio onde nem se sonhava falar em cuidados de saúde em centenas de quilómetros.
Mas a roda da vida não perdoa. Vieram as independências, o benfeitor do Lambaréné não era eterno, morreu poucos anos depois.
Passaram tempos, apareceu um jornalista francês. Do hospital do médico francês estava lá o local. Apareceu o cacique lá da terra a dizer babuzeiras, (como é normal desde que eles julguem que já não precisam de ninguém), e a chamar colonialista ao Alberto Schweitzer. O jornalista perguntou:
- Então e onde é agora o hospital mais perto?
- Fica a oitenta quilómetros – respondeu o boçal.
Aniceto Carvalho

Porque também é saber

(F)Caetano.jpg

Clic e leia: - DEPOIMENTO - Marcello Caetano

Simplesmente um superior manual de estudo. 

Sem saudosismos nem simpatias políticas. Dizia-se antigamente: "Pelo andar da carruagem logo se vê quem vai lá dentro". No DEPOIMENTO: "Pela honestidade e qualidade da escrita, fica bem claro quem era o professor Marcello Caetano". Nunca comparar o que não é comparável.  

Aniceto Carvalho

Outros Estudos

(F)Camões5.jpg

Outros estudos

"Os Lusíadas" - Luís Vaz de Camões

Sem se importar de começar do zero, atire-se à matemática a sério, (é mais fácil do que parece), e companhe com "Os Lusíadas" com coração. Sem deixar de ler umas coisitas... Não pecisa de mais nada para ao fim de alguns meses até a si causar admiração tanto progresso. 

MAS TEM DE ACREDITAR: A vontade tem mais força que a alavanca do Arquimedes. 

Arquimedes de Siracusa

O Arquimedes, o célebre cientista grego da não menos celebérrima "EUREKA", dizia que com uma alavanca suficientememnte grande podia mudar o mundo de lugar. Por acaso é verdade. 

Aniceto Carvalho

Aprenda economia

Aprenda economia - veja este ví­deo com atenção

Neste blogue ninguém perde o seu tempo 

Clic e veja: - Economia descomplicada

  E também: - Livro e estudo de economia

  

MAS TOME NOTA:

Você quer estudar qualquer coisa, ou apenas rever a sua antiga matemática, física, etc: Escreve o que pretende no Google, depois pesquisa e escolhe o que melhor lhe convier.

BRASILEIRO, CLARO ESTÁ... Porque em Portugal, à intelectualidade cá da terra não lhes chega o tempo para inventar programas parolos de televisão para dar emprego de esmola a polidores de esquinas, a grevistas, manifestantes profissionais, afins e similares. 

Aniceto Carvalho.

Aquecimento Global

DESMISTIFICAR TAMBÉM É SABER

AQUECIMENTO GLOBAL

Lembro-me perfeitamente de serem intragáveis as uvas queimadas por mais expostas ao Sol em dias mais quentes de Verão, de encontrar de manhã as celhas no quintal com camadas de gêlo com centí­metros de espessura, de ver ramos de´´árvores derrubados pelo peso dos pingentes, de assitir da janela da casa do meu avô  a um ciclone em 1941 como não havia nem há memória de outro igual  em Portugal, de correr o paí­s de Norte a Sul pelo ar durante sete anos, de 1954 a 1960, não me recordo de um único incêndio florestal durante todo esse tempo.

Este era o efeito do aquecimento global na minha terra há setenta anos.

PETRÓLEO ALGARVIO

Estragar é estupidez, toda a gente concorda. Mas o Aquecimento Global, afins, protecções da natureza, etc.,  etc., associações disto e daquilo, não estão a fazer nada mais nada menos do que fizeram outras organizações ao longo de muitos séculos na base do medo, da superstição, do desconhecido e do obscurantismo... Como na Religião na Idade Média, se não forem "ELES" no mí­nimo a justificar a sua exisência, mais ninguém pode dar um passo em frente.

Aniceto Carvalho 

Peias do Saber

A maior fonte de riqueza do mundo:
O medo, a crendice, a superstição, o obscurantismo... as religiões, tudo o que ainda não se conhece ou a ciência não pode explicar
.

Á conta disso vocè faz chamadas de valor acrescentado, compra santinhos, remédios para os ossos e frigideiras pela televisão, vai a concertos de zombies, paga impostos exorbitantes para o Estado financiar associações disto e daquilo que zelam ninguém sabe porquê, compra carros cada vez caros que depois tem de levar à inspecções todos os anos por causa do Aquecimento Global... e livre-se você de deitar abaixo do beiral do seu telhado um ninho de um casal de andorinhas que no ano anterior lhe custou os olhos da cara a pintar a parede da casa.  

O "mercado" da charlatanice no entanto, tem os dias por um fio: Nem as trovoadas têm a ver com a má disposição de Deus, nem as trilobites de Canelas com o Aquecimento Global.  

Clic e confirme - Terrorismo Climático

PEIAS DO SABER

São a mentira, a trafulhice, o embuste, a aldrabice, tudo o que nos possa atirar para as garras do analfabetismo, da ignorência, da estupidez, para a gaiola dourada do circo romano.

Todos os dias "nascem e morrem" milhares de espécies. O aparecimento de uma nova espécie e a extinção de outra é uma lei da natureza, um fenómeno irreversível que ninguém pode travar, nem vale a pena interferir. CADA UM QUE PENSE O QUE QUISER.

 

A natureza faz as leis, o homem ajusta-as aos seus interesses… Nem sempre da maneira mais conveniente até para consigo próprio. É que estragar também não vele. 

 

O AQUECIMENTO GLOBAL

Era uma região com umas largas  centenas de quilómetros quadrados, de superiores condições de desenvolvimento da floresta, riquíssima em madeira. Houve por ali um sismo há uns anos. Seguiu-se um deslocamento telúrico, as terras aluíram abaixo do mar local, toda a zona foi invadida pelo oceano da região, meia dúzia de anos depois, estão lá gravetos no ar.

O que é que a mão humana tem a ver com isto?

Aniceto Carvalho