Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saberes e Ciências - Blogue

Neste blogue ninguém perde o seu tempo - Confirme

Saberes e Ciências - Blogue

Neste blogue ninguém perde o seu tempo - Confirme

ISTO É UMA NORA

ISTO É UMA NORA (Imagem da esquerda) 

Uma NORA é uma roda gigantesca com pás dispostas transversalmente à sua rotação em toda a periferia. Naturalmente instalada na margem de um rio ou numa levada, a NORA aproveita a velocidade da água a incidir nas pás para fornecer a energia necessária para movimentar as mós de um moinho ou de um lagar. 

Não é correcto chamar NORA e um ENGENHO DE TIRAR ÁGUA. NORA e ENGENHO DE TIRAR ÁGUA são dua coisas totalmente diferentes em funcionamento e finalidade.  

Como muitas outros avanços, da ciência, da técnica, etc., ao longo dos tempos, a NORA entrou na Europa pela mão da conquista árabe no princípio da Idade Média.  

Bem mais tarde, nos primeiros barcos movidos a vapor, foi aproveitado precisamente o mesmo  princípio do efeito das pás da NORA na água.    

Nora4 (1).jpg

Aniceto Carvalho

MÁQUINA A VAPOR

O centenário "Ovo de Colombro": Inacreditável como uma coisa tão elementar demorou tanto tempo a chegar até ao nosso tempo. Como tem sido possível que desde o HERO, no Egipto, há cerca de 2.000 anos este ramo da ciência não tenha dado um passo em frente? 

Pelas mesmíssimas razões que em pleno Século XXi  90% dos programas de televisão sejam puramente alianatórios visando unicamente a caça à audiência e nada mais, 

Aniceto Carvalho

SARTRE E SCHWEITZER

(f)Sartre (2).jpg

Jean-Paul Sartre

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Paul_Sartre

Não vou tecer considerações sobre o que mal conheço.
Mas nunca tive especial simpatia por este filósofo francês. Aliàs, eu não gosto de filósofos… Desde sempre que o filósofo vive à conta dos outros.
Nunca tive especial simpatia pelo Jean-Paul Sartre. Não alinho com esquerdistas, gosto da livre inicitiva, não me agrada lidar com certa gente que adora viver à grande a apregoar “igualdades” que nem sonha para si.
Tudo isto porque o senhor Sartre recusou o Prémio Nobel em 1964 alegando que o prémio não justificava os protocolos a que seria obrigado.
Jogada promocional ou não, Jean-Paul Sartre não deve ter perdido muito.

De qualquer modo, a ser sincero, como o primo sugere, entende-se-lhe a atitude: Uma coisa é estar nas alturas, a outra é aturar as luzes da ribalta.

Albert Schweitzer

(Vale a pena ler a biografia deste grande homem)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Albert_Schweitzer

Alberto Schweitzer era primo de Jean-Paul Sartre.
Mas não tinha nada a ver com o Sartre. Schweitzer era um homem de trabalho, teólogo, organista, filósofo e médico que dedicou a vida aos outros.
Segundo o biógrafo de Sartre, Schweitzer teria dito das obras do primo:
"todas as opiniões são respeitáveis quando são sinceras, e por conta disso Deus seguramente o perdoará".
No meio de incríveis dificuldades, Schweitzer fundou e manteve durante largos anos um hospital no Gabão num sítio onde nem se sonhava falar em cuidados de saúde em centenas de quilómetros.
Mas a roda da vida não perdoa. Vieram as independências, o benfeitor do Lambaréné não era eterno, morreu poucos anos depois.
Passaram tempos, apareceu um jornalista francês. Do hospital do médico francês estava lá o local. Apareceu o cacique lá da terra a dizer babuzeiras, (como é normal desde que eles julguem que já não precisam de ninguém), e a chamar colonialista ao Alberto Schweitzer. O jornalista perguntou:
- Então e onde é agora o hospital mais perto?
- Fica a oitenta quilómetros – respondeu o boçal.
Aniceto Carvalho

Porque também é saber

(F)Caetano.jpg

Clic e leia: - DEPOIMENTO - Marcello Caetano

Simplesmente um superior manual de estudo. 

Sem saudosismos nem simpatias políticas. Dizia-se antigamente: "Pelo andar da carruagem logo se vê quem vai lá dentro". No DEPOIMENTO: "Pela honestidade e qualidade da escrita, fica bem claro quem era o professor Marcello Caetano". Nunca comparar o que não é comparável.  

Aniceto Carvalho

Outros Estudos

(F)Camões5.jpg

Outros estudos

"Os Lusíadas" - Luís Vaz de Camões

Sem se importar de começar do zero, atire-se à matemática a sério, (é mais fácil do que parece), e companhe com "Os Lusíadas" com coração. Sem deixar de ler umas coisitas... Não pecisa de mais nada para ao fim de alguns meses até a si causar admiração tanto progresso. 

MAS TEM DE ACREDITAR: A vontade tem mais força que a alavanca do Arquimedes. 

Arquimedes de Siracusa

O Arquimedes, o célebre cientista grego da não menos celebérrima "EUREKA", dizia que com uma alavanca suficientememnte grande podia mudar o mundo de lugar. Por acaso é verdade. 

Aniceto Carvalho

Aprenda economia

Aprenda economia - veja este ví­deo com atenção

Neste blogue ninguém perde o seu tempo 

Clic e veja: - Economia descomplicada

  E também: - Livro e estudo de economia

  

MAS TOME NOTA:

Você quer estudar qualquer coisa, ou apenas rever a sua antiga matemática, física, etc: Escreve o que pretende no Google, depois pesquisa e escolhe o que melhor lhe convier.

BRASILEIRO, CLARO ESTÁ... Porque em Portugal, à intelectualidade cá da terra não lhes chega o tempo para inventar programas parolos de televisão para dar emprego de esmola a polidores de esquinas, a grevistas, manifestantes profissionais, afins e similares. 

Aniceto Carvalho.